sexta-feira, fevereiro 22, 2008

Timbila

O realizador holandês Frank Diamand, com quem tive o prazer de trabalhar há uns anos em Angola, e de quem fiquei amigo, realizou em 2001 um documentário sobre a vida e a arte do mestre Venâncio, "Keep the Timbila Playing". Ontem, no Instituto Camões de Maputo, foi com uma enorme emoção que encontrei o artista e vi que não só a Timbila continua a tocar como tem vários jovens continuadores. Pena é que um criador como este tenha que viver hoje da caridade e da ajuda de alguns amigos.

adenda: ... mas sobre o assunto, melhor que eu escreve o meu amigo JPT.

1 Comments:

Blogger JPT said...

usei o teu empréstimo. obrigado

6:03 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home